oi, meninas mais bonitas dessa vida.

vou escrever bem pouquinho só pra estrear minha participação aqui. já tou adorando poder ler um pouco dos detalhezinhos cotidianos de vocês. ai, como eu queria que esse blog fosse uma mesa de café da manhã, como disse a nini (ou uma mesa de bar?).

são 2.40 am em amsterdã e pra thai em londres também. amanhã tenho aula no curso de artes que tou fazendo, é um introdutório ao bacharel da Gerrit Rietveld Academie. meus primeiros exames pra saber se vou passar direto pro bacharel ou não vão ser em alguns dias. depois tem o exame final em abril. se eu não passar não faço a menor idéia do que fazer da minha vida. o karl estuda na mesma universidade, mas ele passou direto pro bacharel e ano que vem vai ser ainda o segundo ano dele, e não acho justo jamais nessa vida que ele acabe sendo obrigado a parar o curso porque eu não passei e não tenho o que fazer em amsterdam. mas não pode pensar muito nisso, né, senão vem ansiedade, nervosismo, etc.

poucas vezes me senti tão bem, tão apaixonada pela cidade onde vivo, pelo meu meio social, pelas milhares de festinhas com pessoas lindas e loucas, pelo pipocar de informação sobre novidades artísticas num geral e até políticas e a troca constante. tou me encontrando nesse mundinho hipster-artistão mega internacional mas com esse feeling de cidadezinha cozy que amsterdã tem – e que, por ser miudinha, a cidade acaba ajudando uma mestre em procrastinação como eu a focar pelo menos um pouquinho. nãoqueroterquesairdaqui. não pode ter vergonha de dizer, né?🙂

parei de beber cerveja e passei pra vinho branco. entorno mais de 2 garrafas quando tou empolgada, mas mesmo assim a ressaca é beeeeem mais amena. 30´s here we come. voltei a fumar (desde que mudei pra cá), mas fumo de rolo, que por mais que pareça mais trash, pra mim é infinitamente mais brando, posso ficar horas sem fumar ou até mais de um dia, sem sofrimento nenhum. nada na vida que se compare a marlboro light ou swedish snus. esse último, jamais cheguem perto! e nos últimos meses fumei hash e maconha algumas vezes e a onda tá cada vez mais gostosa. antes eu não podia sentir o cheiro e já caía em depressão. agora já tou vendo que em muitas sextas ou sábados vou deixar de sair e gastar horrores com álcool em festas pra ficar em casa com o karl vendo filme e fumando um, haha.

p.s. acho que não era só a cabeça pesada do passado que me dava bad trip, mas também a desqualidade da maconha brasileira.

vivo entrando e saindo de dieta. mas dieta boa, nada de passar fome enlouquecidamente. sou vegetariana e tento almoçar ou jantar só sopa sempre que posso. de tomate, abóbora ou de cogumelos, porque são de baixa caloria e adoro. há 2 meses descobri que estava com uma anemia moderada, tomei ferro em comprimido e nunca mais chequei, mas temos que comer muita couve, agrião, espinafre, é importante, hein. tudo o que for folhoso e verde é riquíssimo em ferro e o organismo demora pra digerir, produzindo uma sensação maior de saciedade,😀

já perdi 17kg, bem devagar e em quase 2 anos, mas ainda falta uma longa estrada até o peso ideal. faço questão de escanear uma foto antiga de quando eu estava pesando 82 kg dentro dos meus 1,64m! PAVOR. parar de comer carne e parar de fumar e beber foram fatores primordiais. mas cada um tem seu método, se conhece melhor.

minha pele continua o mesmo cu de sempre. poros arreganhados, cravos e espinhas esporádicas. tento não pensar muito porque não dá pra tratar de verdade agora, mas o negócio tá bom não.

CLARINS É O AMANHÃ.

mas aqui é caro pra mim, realmente nesse sentido, god bless america. eu uso o 3 steps da clinique, só troquei o sabonete da clinique pelo da shiseido (que aliás, também é o amanhã). mas vivo dormindo de maquiagem, não tou super cuidadosa mais não. pelo menos aqui a pele não fica muito oleosa.

há uns 8 meses eu comprei o kit da bare minerals (a caixa completa) e sinceramente ainda tenho vontade de chorar quando vejo os frasquinhos vazios. aqui é bem caro, só a sephora representa e a sephora daqui é mega longe e o meu kit lá custa 177 euros (oi?). em estocolmo paguei 100. acho que nos states deve custar um nada, né? ~ aí que não deu pra comprar e acabei comprando pó compacto (ODEIO pó compacto) e primer da mac. minha pele fica rachada, estranha, oleosa em partes, ressecada em outras. odiei maquiagem da mac, pra mim só prestam os acessórios, sombras, eyeliners e batons. eu não saio sem o lady danger, o fleshspot ou o neon orange. mas maquiagem mesmo não deu certo pra mim não. e o primer é uma merda. nada na vida inteira se compara com a bare minerals,❤ pode dormir com a maquiagem, não agride em nada nada, não dá espinha, o look é mega natural, não resseca nem dá óleo, se a pele estiver ressecada meio saindo micro pelinhas em tempos frios a bare minerals esconde, ao contrário de todas as outras que intensificam. recomendo com muita devoção.

nini, quando tiver com espinhas tente fazer máscara de clara de ovo com maisena, conhece? é incrível, tira a oleosidade e suga a inflamação. se quiser fazer me fala que te explico.

bom, acho que já ecsrevi mais que todos mundo, né? e agora já são 3:30!

amor muito e saudade e vontade de agarrar e apertar e chorar de tanta emoção.

 

 

 

 

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

%d bloggers like this: