Monthly Archives: March 2012

Porque quase todas as vezes falar a verdade ajuda muito

Gente, o ultimo post que eu fiz era uma coisa que tava me engasgando faz meses. Essa falta de animo, essa falta de vida, uma tristeza chata e que incomoda. A Vita sabe que eu muitas vezes mesmo me fecho e nao gosto de falar de muita coisa porque eu fico achando que incomoda os outros, que o outro nao vai entender, que no dia seguinte vou sentir que foi perda de tempo. Mas mesmo assim eu tentei e tou tentando jogar meu coracao pra frente e mais aberto pra mim mesma. Quando a gente ta num relacionamento a gente vive demais pro outro, e tem que tentar trabalhar e separar a Barbara casada da Barbara pessoa, amiga, que gosta disso e daquilo. Esse individualismo eh muito importante MESMO. E eu tou tentando me conectar comigo mesma. Esse eh um processo dificil pra caramba, duro e que faz a gente pensar em mil coisas e aquela voz baixinha e interior que fala pra gente desistir que nao vale a pena ta sempre no fundo da cabeca. Eu nao melhorei do dia pra noite, minha tristeza ainda oscila, e minha vida nao eh um mar de rosas, mas voces tao certas, a gente tem que espantar os demonios de um jeito ou de outro.

Amei essa mulher meu deus!! Tou aqui fazendo essas besteiras na frente do computador e o Botao freaking out com os barulhos, hahahaha. Gato eh uma companhia que te faz rir demais, ate quando eu tava fazendo os exercicios no chao ele tava do meu lado, deitadinho, ou chegando perto do computador e tentando pegar a mulher fazendo yoga da tela.

Depois que eu fiz o exercicio de yoga que a Vita postou eu sai de casa e corri/caminhei por 50 minutos mais ou menos, hoje foi meu primeiro dia de treino. E corri e caminhei naquele esquema corre 1 minuto, caminha 2 minutos. Essa eh a hora de ir com calma e nao apavorar demais, se voces quiserem comecar a correr eh um conselho muito bom, respeite seu proprio tempo!!! Nao forca, aprende a ouvir a propria respiracao e o proprio corpo, quando ta na hora de parar, pare e sem vergonha. Eu tenho muita dificuldade mesmo em respirar, muita mesmo, nao sei porque mas ultimamente meu peito tem chiado bastante, toda vez que acordo. E parei de fumar desde o ano passado, nem um cigarrim mais. Mas tambem eu tenho asma e acho que com o indice de polen daqui isso piora, por isso achei genial a historia do yoga em casa pela respiracao.  Voce nao gasta dinheiro, se sente bem e sua que nem uma desgracada!

Cheguei aqui e resolvi pegar uns quilinhos pro braco flacido nao ficar parado.

Tem um que eu gosto muito que eh esse:

Esse daqui tambem mas eu faco em pe.

Quando eu tava na academia eram meus exercicios de braco preferidos porque voce pode fazer em qualquer lugar, eh so ter os pesos e pronto! E eles sao faceis e simples e nao da pra se machucar se fizer um pouco errado.

Ok meninas, espero que tenha ajudado voces como voces tem me ajudado todos os dias.

Amo amo amo ❤

Meninas,

Preciso me planejar pra viagem de fim de ano, as datas serao dia 23 de dezembro ate o dia 6 de janeiro, creio.

Voces passarao o Natal aonde? Tem alguma coisa planejada ja?

O que voces pensam em ir pra Dubai pro Natal?

Clima delicia, e viagem dos sonhos, temos bastante tempo pra nos planejar, e as passagens daqui pra la estao bem em conta!!

To ja vendo hotel e coisas do tipo, so preciso que o verao chegue pra eu fazer uma grana e comprar as passagens!

Ideias,porfa!!

love,

-rj

http://www.youtube.com/watch?v=5W0TVLzg3mI

O post da Vita me deu um efeito oposto, aquela coisa de eu quero-eu posso-eu consigo parece que vai sendo drenada de mim aos pouquinhos. Eu nao sei, porque que a gente tem que sentir tanto? Ou sentir nada.

Hoje eu resolvi pelo menos sair de casa e ir de bicicleta ate a biblioteca da cidade. Eh perto, umas 12 quadras. Eu nao preciso de livros novos, eu tenho uns 10 na fila pra ler, mas eu preciso me mexer, preciso sair dessa casa, dessa rotina tao azul. Eu tenho certeza que se pelo menos uma de voces estivesse aqui perto as coisas seriam diferentes na minha cabeca, alguem pra chorar esse lamurio, alguem que entende o que eh vida de casada tao longe da familia, dos amigos. Mas quem pode pode e quem nao pode se sacode, entao tou sacudindo um pouco.

Eu lembro tanto da minha mae falando pro meu irmao concentrar nos estudos quando ele tava fazendo dever de matematica ou de portugues, e ele nao conseguia entender e nao entrava na cabeca dele, e ela falava `voce tem que olhar no espelho e dizer eu quero, eu posso, eu consigo`. E a frustracao no rostinho dele, e eu me vejo nessa mesma situacao quase todos os dias. Como faz? Como que faz, gente?

Eu penso constante no que a Vita falou, que se essa mesmo for a nossa ultima chance – a gente tem que viver plena. E isso me deprime ainda mais.

Nao sei meninas, acho que cheguei aquele ponto em que nem bebedeira mais salva, so queria um abraco amigo.

Desculpa pelo post depre, mas tou naquelas dias hoje.

b.m.

peso da vida, peso do corpo

amigas lindas,

acordei hoje e tentei fazer essa sessão de yoga para perder peso:

OI? quase morri. se isso não me emagrecer e me fizer respirar perfeitamente e me fizer mais calma, mais feliz comigo mesma, nada irá. meu coração está muito acelerado e minha camisa toda molhada – fiz menos de 20 minutos.

fico triste de ver como meu corpo está parado, as energias trancadas, os músculos tensos, a respiração presa. eu sou uma das pessoas mais sedentárias que eu conheço, e ainda fumo bastante, durmo tarde, bebo monstruosamente. tenho lido sobre a macrobiótica again, quero retomar um processo de mudança de vida que comecei há dois anos e que me ajudou a emagrecer 17 kg, e que não sei por que, há quase um ano se encontra estagnado. preciso emagrecer mais 10, com saúde e auto-estima e quero sentir que posso fazer bem ao meu corpo, que ainda posso reverter esses 26 anos de PURA estragação física e emocional.

vamos ser carinhosas com nós mesmas, vamos nos amar, nos dar um desconto, nos perdoar por termos nos machucado e machucado quem amamos, vamos nos permitir abrir caminho pra satisfação própria, pra uma vida mais criativa, de mente mais sóbria. não falo em cortarmos álcool, cigarro, maconha, o que gostarmos, porque de uma maneira moderada acredito que nos façam bem. mas falo em pensarmos nos nossos atos, vamos equilibrar as coisas pra que nossos corpos e nossas mentes se mantenham saudáveis. tudo demais é doentio, isso é tão velho mas tão sábio. se formos nos estragar um pouquinho, vamos tentar parar no meio da noite, beber um pouco de água, nos segurar. por que precisamos viver tudo às últimas consequências? e depois de uma noite de bebedeira, vamos nos esforçar pra gastarmos 5 dias com exercícios, comidas leves, saudáveis.

EXCESSO – de comida, drogas, bebida, culpa, auto-punição, auto-crítica… o maior problema da minha vida e o que me impede de ser feliz desde que consigo me lembrar de ter dado início a minha existência.

paremos de nos destruir! apesar de eu acreditar em vidas passadas e vidas futuras, ninguém nunca sabe, e se essa for mesmo nossa única chance? nós merecemos ser felizes de verdade e não só através de euforias instantâneas – gostosas, necessárias de vez em quando, mas tão (TÃO!!!) artificiais.

o verão vem chegando, vamos aproveitar essa energia solar, os dias bonitos cheios de entusiasmo e vamos tentar viver uma vida mais diurna? se formos pra churrasco, praia, picnic e o costume do álcool pesar, é só misturarmos umas cervejas sem álcool nas compras. sei lá, cada uma com seus métodos de auto-controle e prevenção, mas vamos repensar a nossa vida com sobriedade e calma (não culpa!), por favor? comecei há uns 2 dias, tá caminhando, vamos ver no que dá.

amor de amiga

vita

 

 

no more tears,no more patty’s lament

Ai meninas,to de bad.

Planejei meu St. Patty’s pra ser de muita muita cerveja e foi isso o que eu fiz.

De manha eu participei da corrida/caminhada de 4miles, e o ponto de saida/chegada era a brewery.

Entao como imaginado, chegamos e comecamos a beber, fui com minhas girlfriends, depois de uns drinks peguei uma carona ate la em casa,me troquei e fui pra umlocal  irish bar assistir o jogo de rugby e me embebedar.

E isso o Dave estava em casa assistindo ao jogo de hockey, e eu no bar.

Passei a tarde toda tomando com uma amiga e foi tudo tranquilo, mas simplesmente de uma hora pra outra eu so me lembro de flashes.

Eu me lembro falando com o bar inteiro – que so tinha homem, obvio – flertando aqui e ali, eu bebo e fico impossivel!! – e lembro de mais tarde ir pra outro bar pra encontrar o Dave e continuar out of control. E eu me lembro muito vagamente de algumas coisas.

E todos os amigos do trabalho dele estavam la! Ai…!

Eu to extremamente chateada, porque me vejo correndo o risco de ter feito alguma coisa idiota e arriscando o meu casamento por algo imbecil e que obviamente ja me arrependo. E sem contar no drama e briga que rola na noite e no dia seguinte.

Mesmo que seja so flerte, nao acho legal e o mataria por isso!!

Entao meninas, eh com grande pesar mas com muita necessidade que eu declaro aqui o fim da  minha historia com o alcool!!

Pelo menos por um tempo. Sou casada, tenho quase 30 anos de idade e nao gosto nem de imaginar em me ver numa situacao dessa novamente.Nao foi a primeira vez e sei que nao seria a ultima.

To de coracao partido comigo mesma e to muito chateada com o fato de que eu nao consigo me controlar.

ugh!

Alguem ai?!

 

-rj

 

Guy Aroc

you are so inspiring.

-rj

to de volta!

mas talvez por tempo indeterminado, meu notebook quebrou e ta em um longo e chato processo de recuperacao, essa semana eu mando ele pra dell pra ver se tem jeito, e por agora eu to usando o notebook que meu pai comprou pra eu levar pra ele no mes que vem.

e por falar nisso, eu to pirando aqui com tanta coisa que eu tenho que levar! eu fico por 10 dias no brasil e to levando 4 malas e duas bolsas de mao!

so de tralha pros meus pais e irmaos, absurdo né?

hoje eu to com uma ressaca infernal, saimos ontem e tomei varios shots de tequila, big mistake, to odiando a vida hoje.

amanha eu volto pra escrever mais, to com a cabeca doendo, os olhos doendo, o estomago embrulhado, e um mau humor horrivel.

nunca mais eu bebo.

amo voces e to morrendo de saudades!!

-rj

:)

Gente, eu cuido do seu cachorro, da sua casa, das suas plantas, eu cuido das suas criancas e dou comida pros passarinhos, juro. Eu faco com muito orgulho e carinho. E faco cafe da manha/almoco/e janta. Eu acho que eu devia colocar um anuncio no jornal tipo esse.

Passei a semana inteirinha assim. Cuidando de senhorinha com alzheimer e mocinha com autismo. E eh um trabalho taaaao dificil mas taaaaaaaaaao gratificante. Agora tou exausta e so quero saber de cuidar das minhas plantas e me acarinhar com meus gatinhos.

Que voces tao aprontando?

Ah! Ganhei um sobrinha semana passada tambem, primeira vez que sou titia, olha que lindo. Ela eh linda demais e muito cabeluda.

E na foto o botao, o roma gigante e a grama verde do ultimo verao!